Arquivo da categoria ‘artigos’

Efésios

Publicado: 07/12/2010 por Gabriel Nogueira em artigos, palavra teen


“Para terminar: tornem-se cada vez mais fortes, vivendounidos com o Senhor e recebendo a força do seu grande poder. Vistam-se com toda a armadura que Deus dá a vocês…” Efésios 6:10-11

Se preparem, acordem, o tempo de brincar acabou. Você não foi feito simplesmente para viver, você foi feito para uma batalha, sim, para lutar ao lado do seu Deus. Não há mais tempo para se dispersar, mantenha o foco. Qual é o seu objetivo aqui na terra? Aumentar o reino de Deus, ser usado para que Deus possa alcançar os corações dos perdidos, então se posicione, como um soldado, sem medo, com segurança naquele que te colocou nesta terra.
Os tempos estão ficando piores a cada dia, nós não temos que nos contentar ou que nos acostumar com isso. Igreja de Deus não fique parada vendo esse mundo cair aos pedaços, vamos, se mexam, lutem, busquem mais de Deus, se fortaleçam. Deixe que Deus te prepare, não se importe com o que os outros pensam de você, mas se importe com o que Deus pensa de você.

Faça a diferença, você não nasceu para ficar parado.

Gabriela Costa

Provas

Publicado: 29/11/2010 por Gabriel Nogueira em artigos, escola, palavra teen

Calma, não quero te estressar mais do que você deve estar. Fim de ano é tenso, sei como você está.  Provas, trabalhos, tudo junto na nossa cabeça que parece que não vai agüentar. Mas fala aí, é nessas horas que vemos se aprendemos mesmo ou não, se o conteúdo ta fixado na cabeça, e podemos prosseguir. Por isso, é inútil colar, um dia a vida vai te cobrar, e o que você vai responder? O melhor mesmo é se PREPARAR!!!

Fazendo um paralelo com isso, lembramos da nossa vida espiritual. Estamos sendo tentados todos os dias, provados para que saibamos o que de fato está em nosso coração.

A Bíblia diz em 2 Timóteo 2:15 “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”. Precisamos  preparar todo dia o nosso espírito, porque não sabemos quando vira a prova. VIGIA!!!

Eu sei, a carne é fraca e quer o mau. Por isso, alimente o seu espírito com a Palavra, orações , comunhão e louvor. Assim, vamos estar mais preparados para a hora da tentação/ provação.

Esperamos assim, que na próxima prova vc tire nota 10. E caso não tenha passado, não desista! Tem uma segunda chance, é melhor se preparar. Mas não fique nessa, tem muito mais pra avançar.

Deus te abençoe e vc tenha uma semana APROVADA pelo Senhor.

“Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” 1 Coríntios 10:13

Pedro Prado

Por que gostamos de música

Publicado: 08/11/2010 por Gabriel Nogueira em artigos, música, palavra teen

Na revista Veja de 10 de janeiro de 2010, há um artigo interessante que tenta responder à pergunta: Por que fazemos e gostamos de música? O livro que o artigo toma como base é This Is Your Brain on Music [Esse é seu cérebro na música], lançado no ano anterior nos Estados Unidos. Seu autor, o neurocientista americano Daniel Levitin, da Universidade McGill, em Montreal, Canadá, comandou uma equipe que realizou exames de ressonância magnética no cérebro de 13 pessoas enquanto elas ouviam música. “O resultado do trabalho é a mais detalhada descrição já obtida pela ciência da – para usar as palavras de Levitin – ‘refinada orquestração entre várias regiões do cérebro’ envolvidas na ‘coreografia musical’”, diz Rosana Zakabi, autora da matéria.

Segundo Veja, a equipe de Levitin desvendou processos neurológicos que até então tinham escapado aos pesquisadores. Um dos mais surpreendentes é que a percepção musical não é resultado do trabalho de uma área específica do cérebro, como ocorre com muitas atividades, mas da colaboração simultânea de grande quantidade de sistemas neurológicos.

O cientista descobriu que, quando ouvimos música, o ouvido envia o som não apenas para regiões especializadas do cérebro, mas também para o cerebelo, que se “sincroniza” com o ritmo, tornando possível acompanhar a melodia. Interessante é que o cerebelo parece ter prazer no processo de sincronização.

Essa descrição técnica não lhe soa como design inteligente?

Que vantagem evolutiva a apreciação estética trouxe ao ser humano? Por que gostamos de música e fazemos música? A resposta seria talvez: Porque fomos criados para gostar dela. Creio que sim.

Michelson Borges
[Texto adaptado]

“Todo ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia!”
Salmos 150:6